Destaque para outras Almas Nuas

Cosméticos Profissionais

Blog Foco na Rotina

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Seja Educado, Por Favor!


Por favor, não perca a compostura! Não é preciso lembra- lo o tempo todo que és um ser humano. Um ser mortal, humano, mas tremendamente racional. Não me é relevante neste momento se sua racionalidade está ativa ou não. Por isso peço por um bocado de educação.

Esteja onde estiver, não importa se bem ou mal acompanhado, ou mesmo em sua solidão, seja educado. A educação e as boas maneiras limitam os atos impensados, os impulsos e as situações desagradáveis.

Que prazer mórbido seria esse, em demonstrar com tanta desenvoltura os péssimos hábitos? Por favor! Não seja mais um ser entre milhões que demonstra tamanha deselegância! O mundo já está repleto deles!

Se sua revolta escancarada, sua rebeldia inconformista e suas dores emocionais lhe impulsionam a esbravejar insanamente, vomitando desordenadamente a necessidade de exteriorizar tudo isso, faça uso da boa educação. Todo o misto de emoções e sentimentos que desenrolam de dentro do ser são altamente compreensíveis. O que não se pode compreender é porque tudo isso deva obrigatoriamente ser despejado em cima de todos ao seu redor.

Exteriorizar é preciso! Seja o que for, sobre o que for!Mas, se ninguém puder compreende- lo, de nada adianta. Ainda passará pelo ridículo de ser incrivelmente grosseiro. Se pede por socorro, antes de tudo saiba a quem o pede. A maioria das pessoas não estão preparadas para ouvir e processar seus lamentos. Todos nós temos um fardo a carregar.

As palavras de baixo calão e os gestos obscenos, o tom de voz exacerbado não farão de ninguém possuidor de mais força, ou coragem ou valentia. Revelará um indivíduo inseguro, desesperado e frágil!

Quem grita, implora por algo. Quem grita quer ser ouvido. Quem gesticula em demasia necessita que seu ouvinte o sinta. Quem pronuncia palavras de baixo calão sente- se agredido e quer agredir.

Por favor! Se és tão seguro quanto ao que és, quanto ao que afirmas, quanto ao que acredita... Seja educado! Não perca a compostura jamais! A boa educação forma pessoas seguras, discretas, convictas e que sempre sabem o que quer! Diante de um extravasador de palavras e dialetos incompreensíveis, o indivíduo educado mantém- se sereno. Nenhuma reação alheia é capaz de tirar- lhe a paz, muito menos mudar sua opinião formada.

Parece complicado e difícil a tarefa de manter- se equilibrado diante de um ser que esperneia dentro de si mesmo feito criança mimada... Difícil é entender o porque alguém que julga saber quem é, desce ao nível do mesmo. Por que reagir contra ofensas, insultos e calúnias? E perder a convicção de que você é uma pessoa que sabe quem é e em que acredita?

A educação guia a compreensão sobre o outro, pois nos mantém em nossa postura adequada diante do que realmente somos. Pessoas debochadas escondem medo e respeito pelo outro. A gargalhada debochada é um modo de apresentar sobre fachada de cinismo que não se importa, mas ao contrário, está se importando em muito!

Seja educado,por gentileza! A falta de educação faz com que alguém extremamente frustrado consigo mesmo aponte nos outros todas as próprias falhas que é incapaz de confrontar. Tem olhos para as palavras e atitudes do outro para se auto afirmar.

Se consegue expor ao ridículo alguém que considera ameaça, poderá destacar- se como superior naquilo que jamais poderá ser pelos recursos naturais que a personalidade fornece.

Através da educação é possível o entendimento, a comunicação, a honestidade, o respeito, o trabalho em equipe, a tolerância e, para indivíduos dotados de mais sensibilidade, o amor ao próximo!

A educação não depende de formalidades, de classe social, de cultura. É o que nos torna animais racionais. Tanto que a ausência dela revela um monstro.
Conseqüentemente, com o bom uso da educação e das boas maneiras, se é politicamente correto, se é agradável, se é bem quisto, se tem boa reputação e caráter, se preserva e preserva tudo a sua volta.

Não é falta de educação nem insulto sentar- se a mesa de seu vizinho que oferece- lhe feijão com farinha para comer. Falta de educação é desprezar o que serve como alimento, não importando- se a simplicidade do prato. É mal educado não sabe- lo apreciar.

Não é falta de educação estar mal vestido. Mal educado é aquele que se veste de maneira vulgar e inapropriada para o ambiente em que se encontra. Bem mal educado é aquele que acredita mesmo que os panos que lhe cobrem são mais valiosos que de uma pessoa humilde, apenas por causa de uma etiqueta!

Não é falta de educação falar o que pensa, exteriorizar o que sente, indignar- se. Tudo isso é a liberdade de expressão, que é sempre confundida com desrespeito.
Isso é falta de educação: julgar que palavras proferidas da boca do humilde não possuí nenhuma sabedoria e dispensa respeito. Respeito mais as palavras de sábios simples e rústicos do que de grandes acadêmicos de renome. Um acadêmico coloca em prática o que alguém lhe apresentou como o correto. O simples discursa sobre o que aprendeu na humildade de sua vivência. Já ví formados, profissionais, e acadêmicos tão seguros de seus diplomas permitindo- se com isso ser mal educados!

Não é educado julgar, ofender, caluniar e discriminar absolutamente ninguém. Além de tremenda ignorância, não é educado falar de quem não está presente para defender- se. De todo modo, coloca- se em risco a boa educação quando se insiste em debater e discutir com o mal educado.

O educado é asseado, bem afeiçoado, calmo no falar, discreto no agir. Não é egoísta e nem mesquinho. Os animais já aprendem a usar um local definitivo para suas necessidades fisiológicas. Os seres humanos regridem fazendo suas necessidades em via pública!

Foi- se o tempo em que os modernos aboliram as regras de etiqueta e da boa educação com as mulheres e crianças. Antigamente, as portas eram abertas para uma mulher passar, e tanto elas quanto as crianças eram poupadas de carregar algum peso por mínimo que fosse. Hoje, as mulheres precisam trocar os pneus do carro e pagar as contas. Dizem que isso é moderno, e faz parte da emancipação feminina.

É mal educado vestir uma máscara que representa o que não se é. Portanto, seja educado e assuma- se sendo você mesmo! Não é preciso negar- se para ser educado! Respeite sua natureza, que é a de ser um racional.

Cada indivíduo possuí uma característica evidente que o torna único. Conclui- se que ninguém é igual a ninguém. Então, não seja igual a maioria! Demonstra tanta falta de opinião! Seja educado e será diferente dos demais.

Não preciso acrescentar mais nada. Pois, se você é alguém educado também é possuidor de um pensamento livre, e uma mente aberta o suficiente não apenas para compreender estas linhas, mas conscientizar- se de todas as possibilidades e recursos para a aplicação de algo simples... Necessário...
Seja educado, por favor!

São Paulo, 08 de Setembro de 2008, 15:50
Shimada Coelho - Direitos Reservados
Protegido sob o código: T1167849


Licença Creative Commons
Seja Educado, Por Favor! de Shimada Coelho é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja Bem vindo!
Obrigada por comentar!