Destaque para outras Almas Nuas

Cosméticos Profissionais

Blog Foco na Rotina

sábado, 1 de agosto de 2009

Lince e Manto Alaranjado







Nos primordios da Terra elevou
As vozes sacradas ao vento...
Eterna dança, dançou...
Gravando um pedido ao firmamento...
*
Estendeu as mãos ao céu,
Fingindo tocar as nuvens brancas...
Com a mesma doçura do mel,
Pronunciou palavras francas...
*
Atendei espíritos ancestrais,
A voz do teu povo que clama...
Apreciai nossos rituais:
- Somos pó, água... Lama!
*
Adentrai por nossas janelas,
Fazei-nos parte deste chão...
Fazei-nos como as padrarias tão belas,
Torna nobre nosso coração!
*
Faz de nosso corpo a morada,
Dos espíritos sagrados...
Revigora a Alma cansada,
Que descansa nos verdes prados...
*
O espírito é da Terra...
A Alma do Universo, Paraíso Celeste...
O Corpo uma prisão que encerra,
O espírito e a Alma, veste!
*
Fazei-nos um com nossos irmãos,
Sejam plantas, animais, humanos...
Que estejamos ligados pelas mãos...
Que sejamos mais Almas e menos mundanos...
*
Faz-nos merecedores desta passagem...
E que sejamos bons aprendizes...
Agradecidos por tão nobre hospedagem,
Para na partida sermos mais felizes!
*
"-O que há no urso há em mim,
O que há na águia há em ti...
O que há nas estrelas há nos olhos seus...
Há o brilho eterno e sem fim...
O que há nos filhotes do Lince,Há nos filhos meus..."
*
" -Eu vejo as areias do deserto em teu manto...
Eu vejo teu olhar na águia solitária...
Eu escuto teu pedido em pranto,
A Lince contigo é solidária..."
*
*
-=Shimada Coelho=-
São Paulo, 01 de Agosto de 2009.
*

Dê ao autor os devidos créditos:
Respeite os Direitos Autorais.

*
Publicado no Recanto das Letras e Mural dos Escritores



Creative Commons License
Lince e Manto Alaranjado by Shimada Coelho is licensed under a Creative Commons Atribuição 2.5 Brasil License.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://recantodasletras.uol.com.br/poesiasespiritualistas/1731055 , http://muraldosescritores.ning.com/profiles/blogs/lince-e-manto-alaranjado.


De todos os caminhos da vida há um que importa mais: é o caminho que nos leva ao verdadeiro ser humano.
Indígenas Moicanos

Eu dou um recado para vocês brancos, para que não poluam os rios. Porquê isso vai afetar o futuro não só dos índios mas dos filhos de vocês também.
Aritana Yawalapiti ; líder do povo Yawalapiti, do Mato Grosso


De todos os caminhos da vida há um que importa mais: é o caminho que nos leva ao verdadeiro ser humano.
Indígenas Moicanos


"Somente após a última árvore ser cortada.Somente após o último rio ser envenenado.Somente após o último peixe ser pescado.Somente então o homem descobrirá que dinheiro não pode ser comido!!"
Provérbio Indígena

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja Bem vindo!
Obrigada por comentar!