Destaque para outras Almas Nuas

Cosméticos Profissionais

Blog Foco na Rotina

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Buraco Negro

Inspirada na música Black Hole de Marcelo Diniz


Quando esta luz incandescente em mim vai apagando-se
Encaro a escuridão interior que vai crescendo...
Um vácuo enorme então se forma... Vazio... E é ali
Que o Universo todo pode caber!


Os sentidos se abrem juntamente...
Quero as flores, as dores e odores!
Quero os sons, os tons, cinzas ou marrons!
Quero o olhar, o pulsar e também o chorar!
Quero as lágrimas - quentes ou frias!
Quero as noites sem Lua, as ruas e vias,
Vazias!

Quero preencher este vazio... De vazios repletos!
De estrelas, planetas, Universos e Dimensões!
Quero passe livre no Horizonte de Eventos,
Passeando como os Ventos,
Invocados de todas as direções!

Quero vencer o Espaço-Tempo,
Ultrapassar a velocidade da Luz!
Mais que um ponto observador, intento...
A Estrela Guia que conduz!

Explodindo em raios Gama
Arremessando-me na direção de Alfa,
Preferida Estrela da Alva...
A cada segundo luz... Expandir-me em explosão!

Quero absorver... Sem conseguir me conter... Ser!
Buraco Negro: Alma e coração!


@shimadacoelho

Licença Creative Commons
A obra Buraco Negro de Shimada Coelho foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Uso Não Comercial - Obras Derivadas Proibidas 3.0 Não Adaptada.


Um comentário:

  1. E o universo pode ser tão vasto dentro de nós, quanto fora...

    ResponderExcluir

Seja Bem vindo!
Obrigada por comentar!