Destaque para outras Almas Nuas

Cosméticos Profissionais

Blog Foco na Rotina

sábado, 1 de outubro de 2011

Máscaras Espelhadas


Alguém, que sabe mais da minha vida do que eu mesma tem o número do meu celular. Debaixo do número do remetente desconhecido, uma mensagem pede pra que eu vigie: "- Está nas mãos do Senhor!"

Toda vez que alguém me diz isso me sinto acusada: perdi a conta de quantos anos faz que minha rotina constante é me policiar sobre tudo. Tudo, absolutamente tudo é questionado, é analisado, é procurado saber prós e contras, se 'sim' ou se 'não', se vai ou não vai... Não se ganha muito com isso e nem é garantia de vida plena ou bem sucedida. Muitas vezes, parece que o resultado sempre será bem o contrário.

O pouco que se consegue é ser reconhecido como alguém honesto e confiável, mas hoje em dia alguém assim é visto como a 'válvula de escape', a 'muleta', é aonde todo mundo acha que pode escorar ou falar o que bem entende. E eu sinceramente estou bem farta disto!
http://www.blogger.com/post-edit.g?blogID=6191559799568622319&postID=1220013949313723626&from=pencil#
Houve um tempo em que eu era a 'mal falada': era o pior da espécie humana na boca de quem nem sabia da minha vida. Já fui chamada de todas as palavras de baixo calão e houve alguém que ainda disse de boca cheia que eu era o próprio demônio! Não, não fui nenhuma psicopata ou disseminadora do mal... Eu só era sincera demais! Hoje sou a trouxa... A boazinha de quem só se pode esperar o melhor! Confundem tolerância e humanidade com bondade... E onde é que eu ainda devo vigiar?

As noites estão sendo incomodas, o sono perturbado cheio de sonhos confusos e meus pensamentos estão tão atormentados que pareço estar num pesadelo que tenho acordada. Ainda é bem capaz de acabar ouvindo que seja remorso ou consciência pesada... E não é!

É minha incapacidade de não compreender tanta coisa... É essa minha postura que me faz sentir-me uma morta-viva toda vez que alguém se julga no direito de dizer que estou agindo errado, pois não me porto do mesmo modo que essas pessoas diante de tudo. Eu não me descabelo diante do luto, eu não me desespero diante da morte, eu não me preocupo em demasia nem perco a fome com nenhuma preocupação, eu não choro ao ver alguém chorar... Tenho certeza de que não estou morta quando meus filhos me despertam alguma preocupação... Se uma única lágrima escorre na face deles, meu coração se parte, mas isso fica lá dentro, não mostro pra ninguém! No mais, se eu agir diferente eu estarei apenas oferecendo às pessoas o que elas esperam de mim, e nunca fui de agradar ninguém: se eu não for espontânea, serei a maior de todos os hipócritas.

E eu me incomodo com o que dizem ou pensam de mim? Em partes não, em partes sim. Pois, o que será da vida de um indivíduo que se considera tão certo ou tão acima do bem e do mal? O que há dentro de alguém que olha tanto pra vida dos outros e tão pouco pra própria, não enxergando o quão miserável é? Eu conheço tanta gente que é a dona da verdade, e ai de quem contrariá-los! Será torturado num discurso ignorante que irá argumentar pessimamente todas as justificativas, todos os nomes famosos de todas as áreas de estudos e utilizará trechos de grandes pensamentos, tudo para provar que está certo.

De minha parte, aprendi com a vida de que nem tudo que é ouvido deve ser respondido, nem tudo o que se pensa deve ser compartilhado e nem tudo merece sua reação. A maioria das pessoas sempre irá preferir sua mentira à sua verdade. Qualquer verdade dói e ninguém quer encará-la. Ela é tão poderosa que é capaz de fazer ruir todos os cenários de fantasias e ilusões que qualquer um construir envolta de si. A maioria das pessoas prefere viver na mentira e no engano...

Mas afinal, que está de posse da Verdade Absoluta, entre tantos dedos que nos apontam o tempo todo? Eu não sou, por isso, não me atrevo a dizer a muita gente o que realmente penso... E com essas pessoas de dedo estendido também não está... Basta olhar suas vidas medíocres...

Parece que todo mundo cria pra viver um sonho, acredita intensamente nele e vive segundo o sonho segue... Posso ver nos atos, nas palavras, no que exteriorizam, posso ver em tudo... Mesmo assim, sou eu neste mundo mergulhado em total caos que preciso vigiar... Como se qualquer bem que partisse de mim fizesse alguma diferença...

Eu vejo na internet as fantasias sendo materializadas... As pessoas criam uma vitrine que mostra suas vi

das falsas. Nela, pode-se ver uma vida feliz, gente bonita e fotogênica, e mil amigos numa lista virtual! Eu não uso máscaras, escrevo o que penso,falo o que penso e escrevo como falo!

Meu dente quebrado prova minha gana por pé-de-moleque e minha falta de recurso pra ir ao dentista que detesto pra arrumar. Vivo um constante Efeito Estufa num engorda e emagrece enquanto o corpo sofre os efeitos da lei da Física e eu não estou nem ai: não vou me enganar acreditando que tenho seios firmes e barriguinha de tanquinho depois de uma sessão com o bisturi! Tudo pra alguém a minha volta me olhar e dizer o quanto sou atraente? Sou capaz de enxergar isso em mim com meus próprios olhos... Viver segundo o que os outros esperam de você, esta é a causa da infelicidade! Não dar conta de viver a própria vida e ter que dar conta do que os outros querem de você!

Vou fabricar uma máscara que agrada aos olhares e que poderá esconder a realidade que estampa minha face? Não sou vaidosa, gostaria de ser, mas não consigo... Talvez porque já estou cercada de tanta vaidade...



Licença Creative Commons
Máscaras Espelhadas de Shimada Coelho é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja Bem vindo!
Obrigada por comentar!