Destaque para outras Almas Nuas

Cosméticos Profissionais

Blog Foco na Rotina

domingo, 26 de fevereiro de 2012

Isso é um Adeus?




O manto negro cobre o céu que dizem estar nublado
Não sei...
Está tudo escuro lá fora
Não vejo nuvens, apenas à escuridão.


Há anos que os sons dos grilos não são mais ouvidos na noite
Somente veículos em alta velocidade, sirenes e tiros.
E estranhamente o mundo ainda parece o mesmo
Mas, bem sei que só parece.


Durante todos esses anos tenho aprendido a me manter viva
A mirar à mesma estrela que sempre insiste em brilhar
Diante da minha janela
Talvez seja este o meu ponto de esperança
Que mesmo envolto nesta densa escuridão
Nunca apaga ou ainda não apagou.


Ainda assim continuo a falar sobre a morte
E há quem pense que há algo de errado nisso
Há quem morra de medo só de pensar na morte
Mas eu não posso negar
Que sempre que chega essa escuridão
A morte me abraça mais forte


Sou suicida
Tenho uma relação com a morte muito além do que a vã filosofia possa oferecer
Permito que o meu passado, presente e futuro se amontoem num frágil pedaço de papel.
Pois numa hora futura essa estrela terá que parar de brilhar
E então chorarei em saudade a minha própria esperança que se perdeu
E se amontoará aos ecos de ausências que descrevem a minha historia de vida.


E antes que a hora do impacto chegue
Antes que o reflexo vivo da minha vida
Esse meu contato direto com Deus enegreça
Sobrevivo como sempre fiz
Sobrevivo e respiro nessa poluída escuridão
E tudo o que enxergo é essa estrela
Só ela insiste em brilhar...
Só ela vejo no céu...
Antecipadamente sentirei sua falta, sempre...
E também de tudo o que possa se tornar ausente...
Quando essa estrela -
O reflexo vivo da minha vida nesta escuridão -
Enegrecer.

Licença Creative Commons
O trabalho Isso é um Adeus? de Shimada Coelho e Anderson Nascimento foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja Bem vindo!
Obrigada por comentar!