Destaque para outras Almas Nuas

Cosméticos Profissionais

Blog Foco na Rotina

terça-feira, 4 de junho de 2013

Você vale mais que um Celular?



Eu escrevi este post e apaguei três vezes... Na verdade, ele deveria ser um texto para outro Blog mas, minha imparcialidade sumiu em meio as minhas tralhas e não consegui encontrar. Deste modo, diante da minha estranha necessidade em me expressar, decidi postar no blog pessoal onde todo assunto pode ser pessoal.

Quero expressar minha visão sobre tudo o que acontece atualmente na sociedade mas ao mesmo tempo meu inconsciente grita: "- Pra quê?". Deve ser para desabafar... Ou para que seja lá quem for perceba que perdi minha cegueira junto com a imparcialidade... 

*longa pausa*

Pensando bem... Não vejo mesmo nenhuma necessidade em continuar. Nem tem porque! Posso resumir dizendo que no Mundo dos Homens há quem se vista de Homem Sábio e conduz as massas não pra saírem do buraco que elas mesmas cavam mas para mantê-las lá dentro. E pensando ainda um pouco mais nisso fico imaginando se a cegonha que me trouxe para meus pais não tinha parado em um boteco antes de pegar a trouxa onde eu estava amarrada pois, aquela velha sensação de ter parado no planeta errado se mantém firme e forte.

É tanta opinião, achismo, teoria, discurso, gente sabida, justificativa, greve e falta de atitude em meio ao caos que eu percebo lá dentro de mim uma voz tímida doida pra gritar: "Que se dane tudo! As coisas são o que são e ponto!".

Lembrei agora de uma conversa que tive com meu filho... A professora bem intencionada, perguntou a cada aluno o que pretendia cursar após deixar o Ensino Médio.  Na vez de meu filho ele todo orgulhoso diz: Psicologia! A professora meio que torceu o nariz e - com boa vontade mesmo - o aconselhava a escolher algo mais voltado a Tecnologia para que ele estivesse mais de acordo com as exigências do mercado. Além do mais, ela supôs que o campo de trabalho para Psicologia seria bem limitado. Meu filho também torceu o nariz e se justificou dizendo que apesar de tanta Tecnologia atrás das máquinas haviam pessoas e estas cada vez mais tem precisado mais de ajuda apesar de tanta suposta evolução.

E conforme os detalhes desse 'debate' foi sendo narrado, fui chegando a conclusão do que sempre tenho visto: o ser humano cada vez vale menos e é a parte menos importante nesse mundo de coisas que vivem surgindo e acontecendo. E se você prestar atenção nas notícias, nas manobras políticas, em todo descaso, os motivos que fazem as causas surgirem, vai ficando claro isso...

Como foi no filme Transformers- O Lado Oculto da Lua, parece que alienígenas dominaram a Terra e os humanos só servem para servir de escravos: uma mão de obra necessária para que possam construir um império. Tá! Vamos colocar os dois pés no chão - de preferência - e vamos ser mais realistas!

Como fez Hitler que ao mesmo tempo que deseja exterminar os judeus matou dois coelhos com uma cajadada só: colocou os aptos em trabalhos forçados sem comida, sem água, sem médico, sem condições de vida e nem de trabalho, para que servissem pra alguma coisa até o último suor, quer dizer, até morrer mesmo!

Pra todo lugar você pode constatar com os próprios olhos como o ser humano não tem valido nem um real!(R$1,00). Em todo lugar a prática da inversão de valores se mantém e agora, o cliente recebe um favor já não é mais a peça fundamental que move o mundo! Agora, é você que precisa das empresas e dos políticos, não o contrário!

Mas e daí? Pensa que todo mundo está vendo isso? O visor do celular, do Iphad, do Iphone e do Tablet acendem o tempo todo com um sonzinho que dispara a cada 2 minutos (ou menos) porque o mundo agora cabe ali! A realidade agora se mostra pela janela do Windows! Família agora são os amigos porque nós os escolhemos e a família de fato não! Pai e mãe agora são provedores das necessidades dos filhos e tão 'aborrecentes' quanto aqueles que geraram! 

Repito: se antes as pessoas tinham um olhar vago ou andavam cabisbaixas sem rumo, hoje continuam numa mesma postura mas agora com os olhos fixos no horizonte de suas vidas compactados em modernos aparelhos. Olho no olho? Permitir os hormônios se chocando com outros pelo ar? Hoje em dia só se percebe os poros abertos no rosto dos outros pela definição HD...

Falar o que e pra que? A massa, a maioria, acessa internet pra ver futilidades e nem sabem que blogs como este existem! A massa é a porta escancarada para que as manobras má intencionadas se mantenham garantidas!

Ridícula e anormal sou eu que não ando na Moda, não gosto dessa Tecnologia toda, ainda prefiro molho de tomate espremido na peneira, não vou ao shopping, porque não sou consumista e é complicado me enquadrar e ser mais uma Maria-Vai-Com-As-Outras!

Viver mantendo o personagem de mim mesma completamente padronizado para que o mundo o aceite e fotografar minuto a minuto do que faço da Vida pra mim não é Vida! Aquele momento com a família ou os amigos ainda me é tão espetacular que esqueço de eternizar aquilo numa foto que nem é mais de papel...

Tempos atrás comecei a perceber como as pessoas reagiam de modo estranho quando em uma conversa eu perguntavam o que era isso ou aquilo mencionado e que eu desconhecia... O Mundo dos Homens se tornou mesmo o Mundo dos Sábios pois todo mundo tem todas as respostas respondidas pelo grande oráculo Google! Todo mundo está tão sabido... Mas como ainda prefiro saber através de outra pessoa, pra manter aquela coisa de uns aprendendo com os outros, ridícula sou eu que pergunto o que não sei e não vou na busca!

Quando eu era criança, queria ser adulta! Parece um pensamento natural... Já vi gente dizendo que gostaria de ser um celular: eles recebem mais atenção!



Licença Creative Commons
Você vale mais que um Celular? de Shimada Coelho é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.

Ps: No Facebook este texto já rendeu assunto. Então, coloco aqui comentários de minha interação com os amigos que leram o texto:

"Enquanto a massa vai sendo condicionada aos padrões que podemos observar, nós vamos também nos condicionando, principalmente a não falar.... Passamos a ouvir mais e com isso aquele padrão que surgiu de gente que só fala e não sabe ouvir fica mais intenso..."

K.M.- " interessante isso que vc escreveu. sabe que esses dias me peguei pensando justamente isso. como estou pouco-falante.... pior que se aproveita tão pouco do que se ouve "

D.D -  " O curioso de ler isso é que parece que saiu de mim. Ando notado com grande visibilidade o que tem se passado. Acredito e afirmo que essa nossa sociedade/geração nos obriga a sermos ignorantes, não por não saber, mas por optar a não fazer parte ou não corresponder de forma igual ao que nos tem acontecido. Querendo ou não, estamos em uma constante mudança e readaptações. Isso parece muito tempestivo, mas na realidade já começou há muito tempo atrás."

" Da década de 80 pra cá as mudanças no comportamento foram tão radicias que está complicado pra pessoas de certa idade a se adaptar! O modo de vida hoje não cabe nos padrões de alguns pois conhecem a interação social e um conceito de modo de vida diferente do que vemos hoje..."

D.D.- " É verdade! A velocidade dessas mudanças tem deixado uma grande parte da sociedade ás margens por não acompanharem esse ritmo. No fim de tudo, ainda temos uma esperança por dias melhores pra todos."

"Infelizmente, quando o assunto é nosso país, não tenho tanta esperança assim... Claro, a situação poderia ser pior mas talvez esse pior esteja vindo ainda mais quando constatamos que nada é feito para frear o que está errado! Hoje, quando me atrevo a ter alguma esperança, me sinto iludindo a mim mesma e fugindo da realidade comprovada por fatos cotidianos..."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja Bem vindo!
Obrigada por comentar!