Destaque para outras Almas Nuas

Cosméticos Profissionais

Blog Foco na Rotina

sexta-feira, 13 de março de 2015

Auto Reciclando...


Vivo um período de 'auto reciclagem'. Uma nova auto avaliação de mim mesma e por isso o sumiço. Nestes últimos dias tenho me permitido explorar minha personalidade e analisar minhas posturas quanto a tudo.
Vou me dando conta de que pouco a pouco vou retornando para a Ostra. A Ostra nunca foi uma fuga: é minha realidade pessoal onde aplico minha crença, um lugar perfeito em meio a imperfeição do mundo. Um lugar realista, equilibrado, pacífico onde só entra quem permito.
Não é nenhuma novidade que no mundo há muito mais pessoas para semear a discórdia do que pacificar. Há muito mais pessoas para te derrubar do que para te levantar. Há muito mais pessoas para criticar do que para te enaltecer. É a realidade no Reino dos Homens...
Mas, quem disse que nascemos concordando com algum decreto ou pacto que determine que ao longo de nossa vida teremos que tomar partido disto ou daquilo, daquele ou deste? As pessoas que vivem na realidade social parecem pensar que sim: se você for imparcial você será indeciso; se você for neutro estará em cima do muro; se você não comprar a briga deste ou daquele você será falso. O tempo todo estarão te obrigando a escolher um lado e se você não escolher você será a pessoa má da história...
No Reino dos Homens não está permitido a convivência sem julgamentos. Não está permitido compreender os dois lados da moeda. Agora, compreender é ser cúmplice. Aceitar as pessoas sem julgamento é ser igual a elas. Somos todos colocados dentro de um saco e alguém sempre diz: "-É tudo farinha do mesmo saco!".
Seremos obrigados a nos afastar de pessoas que amamos para preservar nossos sentimentos. Seremos obrigados a nos omitir e apenas observar para não corrermos o risco de propagarmos a maldade. Seremos obrigados a fazer e dizer apenas o que os outros querem e não oferecer aquilo que elas realmente precisam. Porque no reino dos Homens agora todo mundo é dono da verdade e ninguém vai se dando conta de que cada um vai perdendo um dom precioso nos dado gratuitamente - e é o que de fato nos torna humanos - chamado Empatia.
Todas as pessoas que recebem a permissão para entrar na Ostra sempre acrescentam e jamais tiram. Elas somam! Nunca dividem, sempre unem, aproximam cada vez mais. Dentro da Ostra a Paz é possível, a tolerância, o preconceito e os pré julgamentos já foram extintos. Não há fofoca, não há contendas, não há complôs, nem jogos...
Eu nunca me importei com nada do que dizem ao meu respeito... Nunca me movi segundo a opinião alheia e essa opinião é direito de cada um: todos possuem o direito nato de pensar o que quiser sobre o que quiser. Mas, eu não tenho obrigação nenhuma de permitir que ninguém sem convicção entre na minha realidade e faça o papel de Semeador da Discórdia.
O Reino dos Homens está cada vez mais insano e por um momento eu me esqueci que o essencial de minha existência nesta passagem é jamais perder a minha Alma!
Absolutamente tudo neste Universo Físico passará. Somente o que é verdadeiro vive para sempre!
Enquanto isso, eu sigo examinando a mim mesma em vez de apontar erro ou pecado nos outros: cada um tem por obrigação saber da própria vida e não da vida dos outros!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja Bem vindo!
Obrigada por comentar!