Destaque para outras Almas Nuas

Cosméticos Profissionais

Blog Foco na Rotina

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Êxtase



Não estou mais aqui...
As amarras cairam...
Sinto-me indo...
Sinto-me tão distante...
*
Minha mente já não concebe mais,
Não processa mais...

Não compreende o incompreensível...
Minha realidade é tão simples...
Esse mundo a minha volta tão confuso...
Tão complicado...
Tão assustador...
*
Não dá mais pra ficar...

Tudo perde mais e mais o sentido,
E fecham-se meus sentidos...
O que está a minha frente é apenas
O que todos podem ver...
O que vejo, não está ali.
*
Os finos véus que cegavam

Vão abrindo-se um a um,
Lentamente...
Vão revelando o irrevelável...
Vão desvendando o indecifrável...
*
O corpo padece...
Findaram-se as reservas...
Multiplicam-se as penas
Que compoem harmoniosamente
Asas... Imaginárias...
Como se necessárias para voar...
*
O pensamento é Vento,
Que nasce das estranhas
Do questionamento...
*
Eu ouço o som de um coral lírico
Lindo!
Vozes angelicais agudas e suaves,
Que de repente já não sei se voz,
Ou se harpas...
*
Onde estão estes sinos que tocam?
Por que eles dobram?
Há uma voz muda que chama...
Há uma mão invisível estendida
Convidando-me a ir...
Há algo estranho
Que me invade,
Me inebria,
Me suspende no ar...
*
Dores agudas latejam em meu peito...
Uma emoção rara e nunca sentida,
Sufoca e cala minha garganta
Que não sabe se grita,
Se chama,
Se canta...
*
As paredes cairam...
As montanhas ruiram...
Não há mais antes nem depois...
O Agora é um quarto branco sem teto,
Sem chão...
*
Vem então, Vento...
Dá-me uma carona,
Empresta-me tuas asas...
Para que este êxtase não acabe
Nunca mais...

*
*
-=Shimada Coelho=-
São Paulo, 27 de Agosto de 2009.

Creative Commons License
Êxtase by Shimada Coelho is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja Bem vindo!
Obrigada por comentar!