Destaque para outras Almas Nuas

Cosméticos Profissionais

Blog Foco na Rotina

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Olhos no Espelho




O que esperar de mil almas
Encarceradas em uma única prisão?
*
Desagrado...

Tudo o que se quer ser...
O nada que envergonha-te em ter...
*
O verbo rasgado...

O verbo que se abre em fratura...
A causa da arranhadura...
*
Incomodo...

Uma pedra em seu sapato...
Neste teu passo semiputrefato...
*
Afronta...

O espelho da sua própria negação...
O caminho da confrontação
*
Verborreia...

O tsunami descontrolado,
De manequins envitrinados...
*
Desfreio...

Na arrogância depredadora,
Da máscara escondedoura...
*
Bofetada...

Da pata pesada do Urso Pardo,
Nas manchas inexatas do Leopardo...
*
Red Savina Habanero...

Nos olhos da inveja indiscreta...
Na alma oca e irriquieta...
*
Fúria...

Da semente que do chão se debate...
Inconformismo para o biscate...
*
Rebelião!

O grito que a mão não retêm!
Dissolvendo grilhões encadeados,
Impostos por desdém,
Em defuntos enjaulados!
*

*
-=Shimada Coelho=-
São Paulo, 29 de Outubro de 2008, 14:20


Creative Commons License
Olhos no Espelho by Shimada Coelho is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.

Um comentário:

  1. A pergunta logo no principio do texto é respondida pelos demais versos.

    ResponderExcluir

Seja Bem vindo!
Obrigada por comentar!