Destaque para outras Almas Nuas

Cosméticos Profissionais

Blog Foco na Rotina

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Morrendo para Viver

imagem de Andrew Gonzales


No silêncio da madrugada,
Tento minha alma ouvir...
E temo que a inspiração,
Por algum motivo quis partir!
*
As emoções em mim estão mais intensas,
E nos pensamentos mais convicção...
Mas não fluem mais as imensas,
Confissões do coração!
*
Isso se deve a visita inesperada,
De uma Dama de Negro vestida...
Nenhum aviso de sua chegada,
Nenhuma oportunidade de despedida!
*
Quando a vi em minha frente,
Meu corpo até a alma tremeu...
Sua presença paralisa a mente,
Meu olhar... De repente... Se perdeu!

*
Temi que a Dama de Negro me roubasse,
Arrebatasse-me deste rio em que navego...
Temi que minha alma ela calasse...
Senti muito medo, não nego!

*
Sem convite... Invasora,
Não foi a mim que ela roubou...
Mas assisti a cena atormentadora,
Com sua foice o fio cortou!

*
Desde então eu não consigo,
Minhas singelas linhas cantar...
A morte esteve comigo,
E só nela ando a pensar!

*
Oh, Dama porque será,
Que sua presença atormenta?
É inevitável... Você virá!
Mas meu coração não agüenta!
*
Quantas vezes você surgiu,
Inesperada a me levar?
Quantas vezes meu corpo sucumbiu?
Você sempre vem me buscar!
*
Eu cantava com alegria a vida,
A força para viver!
Declamava o que a Alma queria,
Tantas coisas ela me fez dizer...
*
Mas relembro cada vez que surgiu,
Quantas vezes interrompida...
Várias vezes meu corpo caiu...
Várias vezes tirou minha vida!
*
Mas a Dama de Negro impiedosa...
Calou meu coração!
Pego-me refletindo temerosa,
O que é morte e vida então?
*
Os meus versos falam de vida,
Ou da morte que pensa viver?
Então ouço a alma querida:
-A vida é morte, morrer é nascer!

São Paulo, 23 de maio de 2008.
Guardiã da Ventura- Shimada Coelho

*
*

Creative Commons License
Morrendo para Viver by Shimada Coelho is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja Bem vindo!
Obrigada por comentar!