Destaque para outras Almas Nuas

Cosméticos Profissionais

Blog Foco na Rotina

sábado, 29 de agosto de 2009

Toda Amélia tem um pouco de Sylvia...



Toda Amélia se acaba no lar,
Onde com esmero prendada,
Lava, passa, cozinha, se mata...
Para as tristezas afungentar,
Canta tão devotada,
Esfrega, limpa e as mãos maltrata.

*
Toda Amélia mete a cara,
No interior de um fogão,
Onde de limpar se mata...
Faz força e estica o varal com a vara,
Nunca solta o esfregão:
Empregada que as ordens acata!

*
Toda Amélia é zelosa,
Aos rebentos toda dedicação,
Na hora de dormir dá leite quente...
Cobre e abençoa com voz manhosa,
Abre um pouco a janela para ventilação,
Espera que durmam fingindo estar presente...

*
Toda Amélia tem segredos na madrugada...
Escreve diários e registra seus desgostos,
Troca o dente de leite por moeda...
Costura a meia furada...
Fantasia romance com tantos rostos..

Para a insanidade o pensamento envereda...
*
Toda Amélia sonha com o passado...
Como tudo poderia ser diferente,
Tivesse escolhido melhor...
Poderia ser outro ai do seu lado,
Poderia ser independente,
Poderia ser bem pior?

*
Toda Amélia se mata...
Corroendo-se nas frustações,
Aceitando tudo calada...
Seus sonhos feito folhas, cata...
Seus abismos na verdade, são caixões...
Sua Alma é mais livre... Alada...

*
Toda Amélia é um pouco Sylvia...
Desejando ganhar o mundo,
Desejando ser tratada como rainha,
Desprezada por este ser moribundo,
Que transforma sua vida em rinha...

*
Toda Sylvia é um pouco Amélia...
Querendo viver uns anos mais,
Para quem sabe ser a honrosa coroa do marido,
Gritando liberta: Tristeza jamais!
Sarando seu coração dorido...



-=Shimada Coelho=-
São Paulo,30 de Agosto de 2009.



Creative Commons License
Toda Amélia tem um pouco de Sylvia... by Shimada Coelho is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja Bem vindo!
Obrigada por comentar!