Destaque para outras Almas Nuas

Cosméticos Profissionais

Blog Foco na Rotina

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Umidificador Natural

Para quem não gostar da aparência, pode criar um cachepo para esconder o vidro.


São Paulo é linda! Pena que sua beleza não pode ser contemplada totalmente nesta época do ano: a poluição não deixa! Tráfico de carros e pessoas intenso! Muito prédio, pouco verde, muito lixo, muita movimentação que estressa só de lembrar.

Não consigo saber se sofremos mais com esse ar seco, resultado da seca na umidade do ar ou com a poluição. Semana passada o ar estava tão seco que quando sai para o quintal, comecei a sentir falta de ar. E olha que meu bairro possui um Parque Ecológico perto, muitas árvores em ruas e residências. Corri de volta pra dentro e o ar estava maravilhoso. Eu e as crianças tivemos que evitar o lado externo por uns dias...


No porão, encontrei esta cúpula da luminária antiga que foi apoiada num pratico japonês.


Nesta época, toalhas molhadas penduradas principalmente nas janelas, bacias de água, limpeza costante dos pisos e móveis contribuem em muito para manter a umidade dentro de casa agradável. Mas, cuidado com as bacias de água. Em outubro do ano passado, um bebê de quatro meses morreu afogado em uma bacia com água, usada exatamente para manter a umidade do ar. O bebê estava deitado do lado na mãe na cama e acabou caindo bem dentro da bacia. A mãe só se deu conta do ocorrido quando acordou.

Se na sua casa também há pessoas com alergias e você quer evitar transtornos e acidentes aqui vai umas dicas que deram certo aqui em casa.


Vidros e Plantas

Sabe aqueles vidros de embalagens de maioneses, patês e molhos? Ou aqueles copos que deram uma quebradinha na boca e não podem ser mais utilizados? Você pode juntá-los para reciclagem ou pode fazer arranjos com plantas. São simples mas ajudam a manter a umidade do ar dentro de sua casa.

Existem plantas como as conhecidas Jibóias (Epipremnum pinnatum) que desenvolvem-se muito bem em água. Esta e outras da mesma família se adaptam bem e auxiliam também quando há excesso de umidade no ar.

Você pode escolher um pote ou copo de vidro no formato e tamanho que quiser. As plantas que estiverem no chão ou em excesso nos vasos são as melhores, pois há sempre aquelas mudas que iniciam o processo rasteiro para começar a subir. Nessas, as raízes estão 'se alongando', buscando um lugar para se fixar.


Nas janelas, auxilia com o ar seco que entra.


Coloque sua muda no recipiente que escolheu com água. Para evitar a propagação de insetos como mosquitos e pernilongos, coloque bolinhas de gudê. Elas manterão boa quantidade de água, não darão espaço para que os mosquitos se alogem para colocação de ovos, e dará um efeito super interessante. Nas imagens, não há bolinhas suficientes pois me faltaram. Já coloquei a quantidade certa que deve ultrapassar o nível da água. Haverá espaço suficiente para as raízes se desenvolverem, mas não para mosquitos.

Faça vários do mesmo modo, use na decoração, espalhe por toda a casa lembrando que nos quartos o tamanho da muda deve ser menos generosa para não causar resultados indevidos.

Não se esqueça de sempre repor a água, pois você perceberá com que rapidez ela irá evaporar.

No banheiro fica um charme e as plantas deste tipo parecem gostar do vapor que fica após o banho.

Se quiser, pode também utilizar no lugar das bolinhas de gude, bolinhas de gel. Parecem bolinhas de gelatina. Elas absorvem bem a água e mesmo que o nível abaixe consideravelmente, ela mantém as raízes das plantas com acesso à água.

by Shimada Coelho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja Bem vindo!
Obrigada por comentar!