Destaque para outras Almas Nuas

Cosméticos Profissionais

Blog Foco na Rotina

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

A Arte de Viver


Se me vier o infortúnio
E me faltar o pão,
Como me manter nesta vida,
Com isto que tenho na mão?

Apenas sei segurar
Bem firme no pincel,
E apenas representar
Numa tela o céu!

Viajar no infinito
E possibilidades da cor,
Entre linhas e mil curvas,
Representar minha dor!

Dançar entre os rabiscos
Esboços do passado,
Preenchendo os vazios
De azul, rosa ou dourado!

Como matar a fome
Se por ventura vier,
Se em letras mal escritas
Declaro minha fé!

Em qualquer pedaço de papel
Jogado em qualquer lugar,
Com a cúmplice caneta
Eu começo a rimar!

Rimo as dores já vividas
Proso vitórias vencidas
Tento em cada palavra
Levar coragem as vidas!

Num mundo competitivo
Onde só se importa o 'ter',
Sou apenas uma artista
Querendo de arte viver!

E a cada mancha da cor,
Cada palavra inserida
Tento secar uma lágrima,
Ou curar uma ferida!

Como poderei viver
Neste mundo ocupado,
Onde todos pensam em sí mesmos,
E só penso em quem está ao meu lado!?

Como conseguir espaço
Dar beleza a humanidade
Se apenas sei mostrar
Da alma a intensidade?

Se fome eu passar
Minha arte me basta!
É ela quem fez quem sou,
A ela é que eu sou grata!

Alma Nua,
Terça- feira, 27 de Março de 2007, 22:41


Licença Creative Commons
A Arte de Viver de Shimada Coelho é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-Uso não-comercial-Vedada a criação de obras derivadas 3.0 Unported.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja Bem vindo!
Obrigada por comentar!