Destaque para outras Almas Nuas

Cosméticos Profissionais

Blog Foco na Rotina

terça-feira, 27 de março de 2012

Entre Tempos

Para Aline Simões Hatida




Se antes o horizonte era o limite
A chuva que agora cai não me permite ver além...
Minha respiração ofegante embaça a vidraça
Resta-me o coração que agora desenho...


Neste cenário tão sombrio de século passado,
O perfume é mofo e naftalina...
As cortinas brancas já estão encardidas de pó...
Pó... Tempo... Lembranças...
Um véu que vai separando-me de tudo o que se foi...


Lá fora o mundo vai ficando mais cinza ainda
A chuva embaça a visão, mas evidencia a cor...
Tão sem cor... Tão cinza...
Aqui não é um lugarejo de telhados vermelhos...
São cinzas...


Em algum lugar no Espaço você olha através da vidraça...
Há o Sol destacando as cores... As flores... Os risos...
Tudo é tão belo lá fora!
Mas seu coração está feito este coração que desenho...


Minha realidade está tão distante e tenebrosa...
Insana, talvez... Pois algo grita aqui dentro
Que aqui...Bem do outro lado da vidraça
Você tenta tocar minha face
Embora a face que veja refletida seja a sua...


Terei perdido o trem ou você embarcou antes de mim?
Separados pelo tempo, dois corações aceleram-se um pelo outro...
Sem saber quem é o outro...
Ou onde ele possa estar!
Talvez em um peito vazio...
Vazio pela falta...
Se é que um dia possuiu...


Os sons das rodas das charretes quebram meu silêncio...
Enquanto seus olhos se perdem nos carros que passam velozmente...
A única luz que iluminará minha noite será de um lampião...
Longe da incandescência que te ilumina...
O xale é o abraço que me alcança,
Enquanto teus braços encontram o vazio...


É sonho ou o desejo incontido de um grande amor?
Existirão ainda carros tão velozes que se perdem dos olhos?
Deixo-me envolver pela fantasia produzida por meus pensamentos insanos
Enquanto a chuva passa... Enquanto a chuva faz parecer noite...
Enquanto o grande relógio não avisa a hora do chá...



Enquanto a chuva escorre pela vidraça...
As lágrimas escorrem no rosto meu...




Licença Creative Commons
O trabalho Entre Tempos de Shimada Coelho foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja Bem vindo!
Obrigada por comentar!