Destaque para outras Almas Nuas

Cosméticos Profissionais

Blog Foco na Rotina

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Silêncio Noturno, Vozes da Noite



Os pés sentem a textura dos pequenos galhos e folhas secas
Que estalam a cada passo cauteloso e lento...
Estalam lento e sorrateiro...
Os passos se tornam doídos... Difíceis...

Ao mesmo tempo as mãos flutuam no ar às cegas, afastando a vegetação
Coberta e úmida do sereno noturno,
Que tenta esconder o caminho nunca antes percorrido...
Nunca percorrido pois não há rastros ou a negridão da noite não deixa ver?

A noite até os passarinhos que sonham em seus ninhos sussurram para não quebrar o silêncio... Tanto silêncio causa insegurança... Medo.
O silêncio é feito dos galhos e folhas secas que estalam... Do sussurros das aves... Do mover dos animais noturnos...Da escuridão que é tão quieta...

São as copas das árvores que escondem a escuridão, o caminho e o silêncio...
Logo chega-se a uma clareira onde a Lua revela que o silêncio é feito mesmo de vozes noturnas...
Não há tanta escuridão... Não há tanta luz...
Mas os vultos que se movem são tão obscuros... 
São manchas negras vivas movendo-se tão cautelosas, lentas e sorrateiras... 
São formas que sem identificá-las são apenas pequenas porções de escuridão...
Ou são grandes monstros negros...

Onde a Lua ilumina não há árvores...
Uma clareira convida à luz...
Ali, a escuridão é apenas um muro gigantesco que cerca a clareira...
Ali... A luz encontra-se encurralada...

Deitar-me e entregar-me ao mergulho na luz...
Ou seguir em passos sorrateiros e enfrentar a escuridão...

O silêncio noturno e as vozes da noite...
O silêncio é a Paz interna que germina...

As vozes são todos os medos que rondam...

Tudo o que é vivo produz sons...
Tudo o que morre silencia...


Licença Creative Commons
Silêncio Noturno, Vozes da Noite de Shimada Coelho é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivados 3.0 Não Adaptada.

Baseado em 

Voices Of The Night (Analog Dream Live) by Marcelo Diniz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja Bem vindo!
Obrigada por comentar!