Destaque para outras Almas Nuas

Cosméticos Profissionais

Blog Foco na Rotina

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Viva Forever! Até Amanhã!

Hoje precisei ir em uma clínica aqui perto e fui caminhando pelo bairro. Amo fazer isso: sair andando, notando cada detalhe, ´percebendo tudo novo que surgiu, sem pressa, sem noção de onde estou e pra onde estou indo, sem olhar para o relógio. 

Comprei um milkshake que não deveria tomar, sentei na calçada do estacionamento e fiquei observando as pessoas que passavam... Há anos não fazia isso: sempre gostei de fazer! As pessoas olham e acham estranho mas, uma estranheza boa: todo mundo sabe como é gostoso fazer isso e todo mundo deixa de fazer. Passei diante de uma loja e as enormes caixas de som tocavam uma música country e ameacei uns passos na calçada mesmo. 

Quando chegava na clínica lembrei para onde estava indo e senti medo. Entrei e senti um enorme desejo de sair correndo e voltar pra casa. Respirei fundo e lembrei do trajeto até ali: o prazer da caminhada sempre será o percurso. A doutora ficou surpresa com meu estado de ansiedade e nervosismo mas, também ficou surpresa com a rapidez que consegui me acalmar. 

Mil coisas se passam dentro de mim... Apertei o 'pause' pra onda de pensamentos e sensações darem um tempo. Retomei a caminhada de volta pra casa: todos nós estamos tentando voltar pra algum lugar, por isso é tão difícil seguir!

No trajeto de volta as coisas se mostram diferentes, mesmo seguindo pelas mesmas ruas que fui. Porque nossa perspectiva sobre tudo varia do ponto onde nos encontramos. E aquela caminhada de volta foi tão prazerosa quanto a de ida... Porque as coisas estão de um modo quando vamos, e de outro quando voltamos.
O espírito se abateu mesmo a Alma mantendo-se radiante. O mundo está super povoado e há uma justificava para me comportar como se ele estivesse vazio.

Há medo, há insegurança, há receio, há tristeza, há tanto em comum em todos nós: todos estamos expostos e vulneráveis a tudo... E os passos continuam insistentes sempre enfrente: um após o outro.

Porque se medo ou coragem, se insegurança ou segurança, se receio ou audácia, se tristeza ou alegria, tudo isso faz o sangue correr, o coração bater e a Vida se manter tão viva.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja Bem vindo!
Obrigada por comentar!