Destaque para outras Almas Nuas

Cosméticos Profissionais

Blog Foco na Rotina

sábado, 21 de janeiro de 2017

O Poder Da Expressão/Palavra



Tudo dentro de nós - sejam emoções, sentimentos ou pensamentos - são eventos sendo gerados dentro de nós. O que realmente se tornarão só estará criado quando for trago para fora de nós, quando for Exteriorizado!

Não importa a situação que desencadeia este início de 'criação': o que vier para fora de você através de suas expressões - sejam verbais, corporais ou faciais - determinará o que você criou dentro de si.

Nos acostumamos a crer que uma situação deve por obrigação gerar determinada reação como se fosse lei! E nisto vamos nos condicionando: sinto dor/gemer, perda/decepção, decepção/depressão, sofrimento/choro e assim sucessivamente. Vivemos como se fossemos robôs programados e não há desfeita maior para com o Criador de todas as coisas viver assim quando Ele fez o ser humano tão complexo e tão repleto de aptidões!

Você normalmente não percebe mas, você sempre estará fazendo escolhas muito sutis - quase imperceptíveis - toda vez que uma situação impulsionar algo dentro de você: você irá determinar como reagirá naquele momento e isso será o fator que desencadeante para o que você irá exteriorizar!

Você recebe a notícia de que perdeu o empregou e sente um baque! Algo começa a ser gerado dentro de você. Este algo é que irá conduzir como reagirá a esta notícia! Naquele momento, você não pensa no emprego que perdeu: pensa nas contas que tem que pagar, naquela dívida que falta pouco para terminar, naquele carro que estava prestes a comprar e assim por diante. Tudo isso será ingrediente para o que está sendo gerado dentro de você...

Pela lógica, você perde um emprego e é só ir atrás de outro. Sua reação não é pelo emprego perdido, é por tudo o que quer realizar e depende da sua renda... Em vez de gerar lógica, positividade, força, persistência e estas coisas que nos mentém seguindo enfrente, você gera frustração, tristeza, desânimo, desesperança...

Quando dizemos que "A realidade é você quem cria" estamos querendo dizer literalmente isto!. "-Ah, mas eu não estou criando o conflito na Síria!". Não está, mas esta guerra não existe para você, você não faz parte dela, não a vive e só vai existir se você começar a vivenciar ela mesmo que seja apenas propagando as notícias da Síria. O que quero dizer é que a palavra realismo/realidade deriva de real! Tudo o que é real pra você é apenas tudo o que você acredita que existe! Sua crença, seu modo de acreditar, de interpretar a realidade é que cria sua realidade pessoal! Vivemos em uma atualidade individualista mas, as pessoas estão inconscientemente condicionadas ao coletivismo! Não sabem ainda ser nem uma coisa e nem outra! E uma coisa não pode conviver com a outra: são distintas!

O que você manifesta possuí uma alta dose de concordância: você concorda com aquilo, expressa aquilo, porque acredita naquilo!

O que você sente e pensa, será apenas o que você sente e pensa e passará! Mas, quando você expressa, você materializa o que sente e pensa e joga na realidade! O que sente e pensa é só seu mas, quando expressa compartilha com a realidade e tudo o que está conectado a ela! Quando expressa torna o que é real apenas pra você uma realidade para o mundo todo!

"A boca confessa o que o coração está cheio"... Como você irá interpretar o que está sentindo irá determinar o que será confessado! E o que você faz e fala é vibração! E Vibração é a linguagem do Universo que mantém tudo seguindo seu curso natural! E aí é que está a nocividade em expressar de qualquer forma, em vibrar qualquer coisa, em se deixar levar pelos impulsos! Não importa o que você quer ou o que acredita - o cotidiano está ai para provar para quem quiser ver - você sempre estará conectado a tudo e a todos!

O vocabulário brasileiro é um dos mais ricos e complexos do mundo por todos os significados que uma única palavra pode ter e por nossa capacidade de utilizar uma palavra em um contexto ao qual a palavra não pertence. E mesmo que você consiga usar todas as palavras do dicionário em uma única frase, não será claro o bastante para o Universo!

O Universo e tudo o que nele há foi criado a partir do Verbo! Da Palavra! Da Expressão! E tudo isso é Vibração! E assim tudo irá se manifestar! O próprio Universo é uma vibração constante: é ainda o Verbo ecoando!

Então, a linguagem do Universo é simples, lógica, racional, direta! Ele não compreende certos termos que usamos! Ele existe porque é resultado de um Verbo: um verbo é uma ação! Um Verbo Positivo gerou tudo! O Universo irá compreender tudo como positivo, afirmativo!

Quando você diz "eu não quero ter Câncer" o Universo compreende "eu quero ter Câncer". Quando você diz " tenho medo de ser traída" ou "não quero nunca ser traída" o Universo compreender "quero ser traída"! Não existem palavras negativas na compreensão do Universo e por isso há tantos pregando a necessidade de sua positividade e de seu otimismo!

Mas, não adianta usar palavras da boca pra fora: elas não surtem efeito algum, nem positivo e nem negativo! Quer um exemplo?

Eu orava constantemente pedindo para Deus uma solução... Enquanto pedia, eu mergulhava em sentimentos negativos porque estava relatando em minha oração a dimensão da situação que era ruim... Os dias passavam, passavam e eu pensava que Deus não estava me ouvindo. Repetia as mesmas orações, demonstrando os mesmos sentimentos como se fossem um mantra e nada de Deus responder!

Até que um dia decidi parar de pedir e agradecer! Agradecia convicta de que poderia estar ruim mas, poderia ser pior! Daquele jeito era suportável, se fosse pior eu com certeza não aguentaria então "Deus, obrigada por isto mesmo que eu não compreenda!". 

Eu ainda sentia o peso do problema mas, eu não pedia mais solução a Deus... Eu apenas agradecia! E agradecer com convicção gera dentro de nós gratidão! E gratidão é uma vibração super positiva. E sendo positiva o Universo compreende! E quando eu agradecia "NÃO ter a solução" o Universo compreendia "TENHO a solução". De repente, do nada mesmo, a solução surgia! A oração que eu fazia não era mesmo ouvida porque ela não era sincera: a necessidade me forçava a orar! Mas, quando eu sentia, quando eu interpretava a situação de modo positivo, quando eu agradecia, Deus que sonda e conhece os corações via sinceridade na minha expressão!

Deus não é o Mágico de Oz ou o Gênio da Lâmpada, muito menos Papai Noel para ficar atendendo pedidos... Mas, Ele com certeza é um Pai amoroso (Pai=Criador) que recompensa seus filhos por aprender suas lições e cumprir bem suas tarefas!

Eu lancei, semeei no Universo - tudo o que nos cerca - positividade e sinceridade da Alma e o Universo respondeu na mesma linguagem!

Você não tem que se policiar o tempo todo mas, foi te dado cérebro e a capacidade de pensar para pensar! Pense antes de falar! Fale o que estiver convicto! É o que você acredita, é sua convicção que constrói a sua realidade! 

Ontem eu dizia para minha irmã: "Quando não estou bem eu não publico no grupo porque só falo do que tenho certeza e minha certeza só pode vir da minha convicção. Se eu falar uma coisa e meu estado for outro, serei falsa!". 

Acreditar é uma coisa, estar convicto é outra e sua crença sempre será sua convicção e não o que você acredita! E Deus e o Universo sabem disso!

As mensagens que publico aqui são enviadas a mim... Estou em aprendizado porque me abri para aprender e poder evoluir! Eu tenho por obrigação assumir meu compromisso em aprender e aprender é aplicar, vivenciar... Eu tenho que viver o que digo para que minhas palavras sejam reais! Eu as divido com vocês porque me satisfez o aprendizado e o resultado foi muito positivo! No dia em que eu me ausento, a lição está sendo mais difícil... Não posso falar nada aqui sem antes aprender!

Se eu afirmo algo, tenho que viver o que falo! Se não vivo o que falo, não devo dizer!


Licença Creative Commons
O Poder Da Expressão/Palavra de Shimada Coelho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja Bem vindo!
Obrigada por comentar!