Destaque para outras Almas Nuas

Cosméticos Profissionais

Blog Foco na Rotina

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Gripe Suína






Segunda-feira, abro minha caixa de emails e vejo uma sequência de mensagens com o mesmo título. No tempo de atualizar a página, as mesmas mensagens se triplicaram. Em menos de um minuto, a mensagem alarmista que repassa uma suposta conversa com profissionais da área da saúde sobre a gripe suína se espalha feito o próprio vírus Influeza, que na verdade contamina as pessoas influênciáveis.

*
A Gripe Suína seria na verdade a auto sugestão nas mentes condicionadas, um vírus de laboratório ou o resultado do modo de vida atual? As variadas mensagens alarmistas sobre a gripe são as verdadeiras Teorias de Conspiração, ou o que de fato está a frente de nossos olhos é a Conspiração?

*
A Influeza provavelmente não irá me contaminar,pois não sou facilmente influênciável. Não creio em tudo o que a mídia noticia, nem no que as pessoas me contam. Procuro saber a verdade. Pesquiso, vasculho, me informo e uso meu próprio cérebro para raciocinar e tirar minhas próprias conclusões sem a influência da opinião alheia.

*
Nunca fico gripada. A última vez que contrai gripe ainda era criança. Mesmo assim, mantenho o padrão que ofereci ao meu corpo para manter-me livre de certas doenças. Nosso organismo acostuma-se com o modo que o tratamos. Não pratico o que todo mundo pratica, porque meu modo de vida é diferente, eu sou diferente e consumo diferente.

*
Para os padrões eu seria considerada sedentária por não ser rato de acadêmia. Me satisfaço com minha caminhada ao ar livre. Aposentei a esteira elétrica, porque ela me permitia ver o dia apenas pela janela e gastava não somente a minha energia à toa, como também a elétrica. E quem disse que as pessoas da acadêmia não são sendentárias? Aqueles montes de músculos saltando aos olhos nem sempre simbolizam força ou resistência.É também condicionamento, influência...

*
Ir todos os dias malhar, repetindo sempre a mesma rotina é sedentarismo!O corpo se acostuma com movimentos repetitivos. Há o resultado esperado, mas não significa que converta-se em saúde.

*
No começo, disseram que o bando de porcos é que gerou o vírus da gripe que mata.Mataram centenas de porcos por isso. Depois, várias idéias conspiratórias surgiram. Para cada crença há um tipo de justificativa. E quem diz a verdade de fato? Os espertos que nos usam de minas extrativistas confiam que temos vendas nos olhos e que estamos condicionados o suficiente para que eles continuem criando disfarces para garantir seus ganhos? Ou a própria humanidade se auto mutila? O individualismo foi uma idéia bem bolada que pode ser transformada em arma? Quando mais afastadas umas das outras e mais desconfiadas, melhor? *
*
É comprovado que muitas doenças possuem uma causa psicológica. Há câncer que não é hereditários e surge como consequência de mágoas acumuladas. A gripe é sinal de excesso de sujeira no coletivo e excesso de limpeza individual?

*
Tem haver com a tal da crise mundial? Observei, pesquisei e tirei minhas conclusões. Não foram os porcos, mas o excesso deles. Excesso de animais num mesmo espaço gera doenças. Um exemplo são os gatos:mais de trinta num mesmo lugar gera uma doença que os extermina e os reduz. Os porcos foram o exemplo do que nós mesmos estamos gerando.

*
Se os laboratórios aperfeiçoaram o vírus e o testou nos porcos, se é arma biológica de extermínio, a questão é que se alguém teve a pachorra de criar isso, é porque sabia que todos estão condicionados o suficiente para que desse certo. Se é simplesmente uma gripe mutante que está nos auto exterminando devido a explosão populacional que cresce exacerbadamente, também é pelo mesmo motivo. Não bastasse vivermos enjaulados, aprofundando-nos em nosso individualismo, quando decidirmos sair das jaulas, vamos para outras repletas de outros prisioneiros.Quando se vê alguém nas ruas, é correndo para se enfiar logo em alguma 'toca'.

*
O foco de combate a praga não é o vírus em si, mas o modo de vida atual. As crianças estão criando um novo mapa genético de anticorpos preguiçosos e vulneráveis porque os adultos estão lhes dando um modo de vida mascarado de saudável. O sistema imunológico dos adultos está se voltando contra eles mesmos. *

Um bom exemplo do engano que se comete quanto ao que seja Bem Estar, foi quando assisti um programa cujo o tema eram as comidas exóticas em todo o mundo. Índios procuram formigueiros de Saúva para capitura-las e fritar para comer. As crianças, acostumadas já com o petisco, pegam as formigas ainda vivas e recém capturadas e as devoram. Uma mulher que nem me dei ao trabalho de saber seu nome, provavelmente nutricionista ou algo do gênero, teceu um comentário tão absurdo ao meu ponto de vista, que concluí que muitos profissionais deixam a desejar com suas idéias tão modernas e porque não desrespeitosas.

*
Segundo ela,aquelas crianças corriam sérios riscos de todos os tipos por ingerirem aquele tipo de alimento. Ela em momento algum analisou o modo de vida da cultura indígena e o comparou ao modo de vida urbano que é completamente diferente. Como sempre, tentam 'civilizar' o índio, porque julgam que come feito animal... Racional mesmo é devorar porcos, galinhas e vacas congeladas sabe-se lá a quanto tempo.

*
Nunca se leva em consideração que cada um tem um gosto, cada um tem uma cultura, cada um é suscetível a algo, cada um é predisposto a algo, cada um se adapta a uma coisa,cada organismo reage de um modo e tudo isso o difere dos outros. Padronizaram tudo! Todos com suas diferenças tentam se adequar ao padrão para tornarem-se normais, quando o normal é ser o que se é.

*
Nisso, todos tentam viver igual, desrespeitando as próprias diferenças, tornando-se expostos até a uma simples gripe. Essa normalidade que não vive sem escada rolante, controle remoto, fast food, eletrônicos, 3D, virtual, substâncias químicas, conservadores, industrializados, torna cada vez mais o Sistema Imunológico tão preguiçoso que é capaz de começar a confundir os antidotos que o organismo fabrica com vírus, ou acreditar que vírus são células nocivas, assim como confundimos tecnologia e conforto com comodismo e imobilidade.


Base científica? Depois que inventaram esse e outros argumentos, todos passaram a aceitar sem questionar tudo o que é dito. Minha base científica está no modo como procuro criar meus filhos, tentando oferecer uma vida saudável sem desrespeitar o padrão natural deles.


Não é a gripe que está matando... É nossa inércia, nosso comodismo, nossa ignorância, nossos sete pecados capitais, nossa imbecilidade, nossa normalidade... Não bastam as desgraças que cada um precisa enfrentar, criam mais e o ser humano corresponde como se não pudesse viver sem desgraças. Não é negativismo geral, não! É a necessidade inconsciênte de que algo novo venha e quebre essa maldita rotina padronizada que todos são obrigados a viver, e já não importa mais o que seja, mas que seja quebrada! Ninguém aguenta mais ser o que não é, fazer o que não quer.


Estamos sendo exterminados por nós mesmos!
Mas, e ai? Vai acreditar em mais uma que te dizem, ou vai pesquisar e concluir por si mesmo?






Obs.1: Assistam a Wally (não se foquem nos robôs, mas nos humanos) e O Jardineiro Fiel e tentem compreender sobre o que falo. A Vida não imita a Arte, mas a Arte baseia-se na Vida!

Obs.2: Depois deste texto, muita gente vai torcer para que eu pegue a gripe. Também estou sujeita.Não estou dizendo aqui que sou a dona da verdade ou uma mente que delira... É o único recurso que encontrei para me proteger e proteger aos meus. Me responda: quem pode nos proteger de nós mesmos?



Creative Commons License
Gripe Suína by Shimada Coelho is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.


Comentário de Theresa Russo,Professora adjunto pesquisadora da UECE. Doutora em Bioquimica pela UFC:

"Shimada, quero lhe parabenizar pelo excelente texto, escrito de uma forma lúcida, lógica e até extra lógica, a respeito dos males que nós humanos desenvolvemos para nós mesmos.Os vírus estão aqui bem antes de nós..Habitamos o mesmo planeta. Somos vizinhos e desfrutamos das mesmas coisas,dos mesmos desafios ambientais. Mas, cabe ao homem perguntar a si mesmo onde estamos errando, se vamos continuar errando ou se tudo aqui não passa de uma piada de extremo mau gosto. Quando a concepção cientifica do H1N1, sabemos dos anticorpos, vacinas e indutores de qualidade e quantidade de imunoglobulinas. Da gênese, só Deus sabe....rsrs
beijos..

T.Russo "

[Quem sabe, as pessoas se percebam que se o mundo minúsculo que nos cobre é capaz de nos matar, é por nossa culpa mesmo. Muitas epidemias que dizimaram milhares de pessoas ao longo da história, foram resultados do meio em que viviam. (o termo pandemia deve estar sendo usado para não haver associação as epidemias conhecidas pela humanidade e não criar mais alarde)]

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja Bem vindo!
Obrigada por comentar!