Destaque para outras Almas Nuas

Cosméticos Profissionais

Blog Foco na Rotina

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Árido



A terra agora tão árida torna-se um vácuo de infertilidade,
O espírito cansado da luta, entristecido fica mudo...
Os pensamentos perambulam perdidos pelo mundo,
Impotente, some pouco a pouco em meio a dura realidade...


As minas agora tão vazias... Onde encontrar real encanto?
São ilusões todos estes estímulos externos...
Desapareceram todos os universos internos,
A Inspiração ferida foi chorar  um canto...


De outras vidas - feito dependente - garimpou sua melhor poesia...
Pequenos milagres tão sutis feito flor no concreto...
Mas agora o que vê são alma penadas em caminhos incertos,
Tornando sua fonte - que cantava constante - tão vazia.





Licença Creative Commons
O trabalho Árido de Shimada Coelho foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Não Adaptada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja Bem vindo!
Obrigada por comentar!