Destaque para outras Almas Nuas

Cosméticos Profissionais

Blog Foco na Rotina

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Ressuscitando a própria Fé


Ontem tive uma de tantas experiências marcantes com Deus! Não me perguntem quem ou o que Ele é, sei que é algo tão real quanto o ar que respiro e não vejo... Não vejo o vento mas sinto e sei que ele passa quando balança as copas das árvores ou impede que a flor que eu fotografo fique imóvel...


Ontem me senti tão pequena, insignificante e tão ignorante! Quando percebi que o mundo não pode ser mudado, pois para isso seria necessário que as pessoas mudassem, tentei semear sementes... Não tentei mudar as pessoas, mas tentei fazê-las refletir sobre si mesmas para que elas próprias descobrissem a necessidade de mudança. Pois quando mudamos, mudamos tudo a nossa volta! É um mistério incrível, mas de alguma forma mudamos: seja por influência, seja no exemplo. 


Mas que prepotência minha achar que poderia mudar algo! Tudo é como deve ser! 'Não vos conformeis com este mundo', mas isso significa sair gritando aos quatro ventos que tudo está errado e deve mudar? Significa apontar os erros alheios? Eu só posso mudar a mim mesma...


Ontem me dei conta do quanto fui capaz de mudar, sem exigir que nada a minha volta mude! Mas me dei conta também de minha dificuldade em me manter dentro de minhas mudanças e seguir minhas próprias convicções. E refleti sobre o porque disto: porque estou olhando demais os outros! Se estão conseguindo estar em seus eixos... Quem me declarou guardadora da moral, dos bons costumes e das condutas? 


O que sei, o que me é entregue e revelado, o que descubro e o que aprendo servem exclusivamente para mim! Se alguém tiver que usufruir algo, que seja pelo meu exemplo, não pela minha imposição ou pelos meus discursos bem intencionados, porém, despropositados de foco!


Posso compreender o outro com toda sua totalidade... Isto não quer dizer que eu tenho o direito de desejar mudá-lo! Cada um nasceu pra ser o que é!


Ontem eu tive uma experiência marcante com Deus! Sem que eu fizesse uma oração, sem que eu o invocasse, aqui solitária e mergulhada nos meus medos, Ele se apresentou e me lembrou que eu não estou só! Lembrou-me que por muitas vezes estive no Vale de Sombra e Morte, fui ferida por setas, afundei no lamaçal, cai em ciladas, e de todas elas me livrei porque Ele – este algo que ninguém pode definir – esteve presente em todos os momentos mais difíceis me livrando! 


Deus não me desamparou um minuto sequer de minha reles existência – tão preciosa pra Ele não sei exatamente porque – e hoje estou aqui intacta porque Sua mão me sustém! Então Ele me disse: “ – Quem é você para tentar mudar o que é: resultados de escolhas e conseqüência de atos! Minha misericórdia e compreensão me trazem sempre até você, tens a obrigação de transferir  as mesmas coisas! Não tente tirar das pessoas a única coisa que elas possuem para continuar acreditando e seguindo! Se estão em engano, não há mentira que fique incoberta... Só podem enxergar aquilo em que acreditam! Cada vez que você tenta tirar a fé delas, a sua morre um pouco mais... Em que você acredita?”


Eu já não estava acreditando em mais nada até que Ele em sua misericórdia apareceu e me fez lembrar do quanto Ele é real e como sou dependente em crer Nele!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja Bem vindo!
Obrigada por comentar!